The Gloaming: morte, fantasmas e muito mistério

Um crime macabro ocorrido na Tasmânia leva a um encontro improvável que recupera um mistério com 20 anos. «The Gloaming» estreia hoje e é o novo drama sombrio a invadir o streaming do Disney+.

The Gloaming

A série australiana «The Gloaming» é a mais recente adição ao catálogo do Disney+. Com uma fotografia obscura e banda sonora inquietante, a trama cria um ambiente desconfortável para o espectador, que é intensificado pelos momentos de susto leve, com o surgimento de “vultos” que acompanham as personagens. A narrativa arranca com uma morte assustadora, que lança a detetive Molly McGee (Emma Booth) para uma investigação complexa, para a qual conta com a ajuda de Alex (Ewen Leslie), que não via há bastante tempo e com o qual tem um passado em comum.

O intenso dilema entre personagens, que não é imediatamente explicado ao espectador, é um dos principais focos de interesse de «The Gloaming», a par do suspense em torno de Gareth (Martin Henderson, Virgin River). O mistério intrincado tem ligação a várias áreas da série, pelo que não é imediatamente claro para a audiência até onde a ação poderá ir. Uma coisa é certa: a aparente tranquilidade da Tasmânia não passa de uma ilusão.

The Gloaming

A relação fria com a filha Lily (Josephine Blazier) e a presença enigmática de Freddie (Matt Testro) atuam, a um segundo nível da narrativa, como o catalisador dos acontecimentos, para os quais Molly não tem facilidade em encontrar resposta. Sobretudo quando a primeira vítima surge com o cartão de estudante de Jenny McGinty (Milly Alcock), que faleceu há 20 anos. É, no entanto, um drama mais complexo do que poderia parecer, devido aos “fantasmas” que surgem, a espaços, na tela; e que motivam até ligeiros jump scares.

«The Gloaming», que continua na expetativa de uma segunda temporada, é uma série que vale sobretudo pelas perguntas que coloca. Sem particular inovação, a nova aposta do Disney+, que estreou em 2020, tem a capacidade de estabelecer um núcleo interessante de personagens que vai mantendo o interesse do espectador naquilo que acontece. Resta saber se tem a capacidade de concretizar.

Esta é uma criação de Victoria Madden, originalmente do Stan, que conta no elenco com nomes como Aaron Pedersen, Rena Owen, Nicole Chamoun, Ditch Davey, Max Brown, Markella Kavenagh e Zenia Starr, entre outros.

 

Texto originalmente publicado aqui

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

2 × five =