Mirage: intriga internacional foca mito da cibersegurança

Numa intrincada intriga de espionagem e romances mal resolvidos, «Mirage» procura estabelecer-se como o drama de ação da temporada no cabo. A estreia acontece esta noite no AMC Portugal.

Mirage

Será que a cibersegurança oferece uma falsa sensação de segurança? A tecnologia e a sua falibilidade estão em voga no novo drama do AMC, «Mirage», que estreia em Portugal um ano depois do lançamento mundial. A minissérie, que teve o custo de três milhões por episódio, decorre em Abu Dhabi e alia a componente de espionagem a um romance que acabou abruptamente 15 anos antes, aquando do tsunami na Tailândia, em 2004.

Claire (Marie-Josée Croze), recém-chegada a Abu Dhabi com o filho Zack (Thomas Chomel) e o marido Lukas (Hannes Jaenicke), parece ter finalmente a vida estabilizada, vários anos depois de um acidente que marcou a sua vida profissional. No entanto, tudo muda quando acredita que viu o ex-namorado Gabriel (Clive Standen, Vikings), que julgava morto, durante um jantar. Aquilo que prometia ser apenas uma nova paranoia acaba por se revelar verdade e, num ápice, Claire vê-se envolvida numa intriga internacional com raízes no seu passado.

Mirage

Doug (Shawn Doyle) e Jennifer (Maxim Roy) são os aparentes antagonistas, ainda que o mistério deixe espaço aberto a surpresas. A profundidade do conflito vai sendo conhecida aos poucos, interligando todas as personagens e desenhando aquela que será uma resolução feita de escolhas. Também intervenientes primeiramente “planos” ganham mais complexidade e revelam facetas até então desconhecidas para o espectador.

Com uma narrativa bem ritmada e alimentada pelo choque iminente entre personagens de núcleos diferentes, «Mirage» aposta num argumento simples e aparentemente direto, que depois catapulta em momentos de ação e espionagem. Ainda assim, esta componente é praticamente ofuscada pelo romance inacabado de Claire e Gabriel, que têm um filho em comum que não tem qualquer memória do pai. A sua reaproximação é o catalisador de toda a aventura de «Mirage». Esta é uma criação de Benedicte Charles, Franck Philippon e Olivier Pouponneau. A série, que estreia hoje no AMC Portugal, tem um total de seis episódios.

 

Texto originalmente publicado aqui

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

seven + fifteen =