Cobra Kai: abram alas para o “hype”

O momento “cozinhado” durante três temporadas chegou finalmente: Daniel e Johnny unem esforços para derrotar Kreese de uma vez por todas em «Cobra Kai». A série tem estreia marcada amanhã, 31, na Netflix.

Cobra Kai T4

É o início de uma nova era“. Daniel LaRusso (Ralph Macchio) vinca a premissa da nova temporada, ao lado do novo aliado Johnny (William Zabka), histórico rival da saga Karaté Kid. A dupla decide juntar os dois dojos, a fim de levar avante a velha máxima de “a união faz a força”, e enviar Kreese (Martin Kove) e os seus Cobra Kai de volta para o esquecimento. O épico confronto entre grupos, que assumiu inúmeras formas ao longo das primeiras três temporadas, sobe de tom e está tudo em jogo rumo ao All Valley Tournament. Quem levará a melhor? Será o fim da linha para Kreese ou a storyline vai estender-se durante mais uma season?

A parceria entre Daniel e Johnny é o fio condutor que une a quarta temporada, mas esta promete não ser uma viagem linear. Com diversos ingredientes, da comédia ao drama, passando por breves momentos de “terror”, a equipa mais improvável da história do cinema vai revolucionar certamente a premissa que deu origem à saga e consolidar o lugar de Johnny como um nice guy. Algo que, justiça feita, o Barney (Neil Patrick Harris) de «How I Met Your Mother» sempre defendeu.

Cobra Kai T4

Mas desengane-se quem pensa que Kreese está por sua conta. Além de Robby (Tanner Buchanan) e Toriy (Peyton List), o vilão conta com a ajuda de mais uma personagem marcante, desta feita de «Momento da Verdade III» (1989), Terry Silver (Thomas Ian Griffith). Praticamente irreconhecível, o agora bem-sucedido empresário regressa ao universo do karaté para tentar ajustar as contas, de uma vez por todas, com LaRusso e companhia. Espera-nos uma batalha de titãs, mas a storyline não se fica por aqui: há várias personagens a vivenciar transformações e desafios (sendo puxados para lugares de protagonismo), nomeadamente as segundas linhas, como é o caso de Anthony LaRusso (Griffin Santopietro), Hawk (Jacob Bertrand) ou Amanda (Courtney Henggeler).

À trama central junta-se uma também uma narrativa secundária, estrelada por uma nova personagem. Kenny (Dallas Young) é uma criança que não vai ter vida fácil: a viver sozinho com a mãe, tem de mudar de escola e não é recebido da melhor maneira. O bullying que sofre leva-o a procurar defender-se e a aprender karaté, permitindo a «Cobra Kai» explorar uma nova linha da ação, que não é indissociável do espírito palmilhado ao longo da saga Karaté Kid. O certo e o errado, como é próprio do universo, muitas vezes confunde-se.

Cobra Kai T4

Uma das séries mais entusiasmantes da atualidade, muito por conta do sentimento de nostalgia que nos inunda no arranque de cada episódio, «Cobra Kai» é, definitivamente, uma das histórias a não perder logo no arranque de 2022.

 

Texto originalmente publicado aqui

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

two × five =