Super Pumped: The Battle for Uber | O início de uma era

Joseph Gordon-Levitt é Travis Kalanick, o protagonista de «Super Pumped: The Battle for Uber», uma série que recupera os tempos difíceis, nomeadamente a nível legal, do surgimento da Uber. Os atores Uma Thurman e Kyle Chandler completam o trio de maior destaque. Estreia amanhã, 12, na HBO Max.

Super Pumped: The Battle for Uber

Depois do sucesso de «Silicon Valley», a HBO Max tenta recriar o sucesso da aposta tecnológica com uma série mais adulta e formal, «Super Pumped: The Battle for Uber», originalmente lançada pela Showtime. Esta será uma série de antologia, e já se sabe que após a história da Uber terá uma segunda temporada inspirada pelo Facebook. Joseph Gordon-Levitt é o rosto principal da narrativa, interpretando um dos cofundadores da então UberCab, Travis Kalanick. Nada consensual e pouco adepto de regras, Travis enceta uma luta legal com as autoridades de Nova Iorque e com as principais empresas do universo taxista na cidade.

Com uma abordagem crítica, dinâmica e moderna, «Super Pumped: The Battle for Uber» quer ser a série cool que vem preparada para desenvolver conversas sérias com a audiência. Uma delas relacionada com a própria personalidade de Travis, um jovem capaz de tudo para vingar num mercado competitivo, muito direcionado para o lucro e para o ganho pessoal. Uma origin story que é também um lugar-comum no lançamento de algumas start-ups. Por outro lado, a trama evoca o modo como a política pode ser usada para desconstruir a própria política (e uma certa hipocrisia social); ou seja, é na disputa de igual para igual que Travis consegue, de facto, margem de manobra para falar com o mayor de Nova Iorque e reentrar numa batalha que desde cedo parecia perdida.

Super Pumped: The Battle for Uber

Em termos de argumento, a série multiplica-se a partir de duas linhas fulcrais: a génese da Uber e a génese de Travis – e outras personagens – dentro dessa mesma Uber. Isto contribui para uma ação acirrada, interativa e acelerada, que mantém a atenção do público a níveis elevados, muito por “culpa” da qualidade do elenco envolvido nesta criação. Além de Gordon-Levitt evidenciam-se nomes como Kyle Chandler, Uma Thurman, Elisabeth Shue, Richard Schiff, Noah Weisberg e Kerry Bishé, entre outros. E se a voz do narrador vos parecer familiar, não estão enganados: é o cineasta Quentin Tarantino a dar voz à primeira temporada.

 

Texto originalmente publicado aqui

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

20 + 2 =