Schitt’s Creek: o sucesso de um desastre familiar

Após ganhar nove prémios na última edição dos Emmys, pela sua última temporada, «Schitt’s Creek» chega aos canais TVCine. A nova série das quintas-feiras estreia já amanhã, no TVCine Emotion, pelas 22h10.

Schitt's Creek Schitts Creek

Apesar de ter passado muito tempo longe do radar das principais cerimónias de prémios, «Schitt’s Creek» foi consolidando o seu lugar entre a audiência e os críticos. Com um total de seis temporadas, a série criada por Eugene e Dan Levy encontrou o êxito já perto da despedida, vencendo as principais categorias de Comédia nos Emmys deste ano. Agora, chega finalmente a Portugal, naquela que é uma das principais conquistas recentes dos canais TVCine, numa altura em que competem com um número elevado de serviços de streaming.

«Schitt’s Creek» retrata a história da família Rose, composta por Johnny (Eugene Levy), Moira (Catherine O’Hara), David (Dan Levy) e Alexis (Annie Murphy). Habituados a levar uma vida de luxo, veem a sua realidade mudar drasticamente quando as autoridades penhoram todos os seus bens valiosos, na sequência da burla de uma pessoa da confiança de Johnny. O clã fica apenas com Schitt’s Creek, uma localidade que o patriarca comprou por capricho, já que o Governo não lhe confere qualquer valor. A piada faz-se sozinha.

Schitt's Creek Schitts Creek

A família Rose acaba no motel de Schitt’s Creek, de higiene duvidosa e em más condições. Recebido pelo presidente da Câmara, Roland Schitt (Chris Elliott), uma figura muito questionável e sem noção, o quarteto fica logo mal impressionado e com vontade de ir embora. Mas, verdade seja dita, não tem para onde ir. Junta-se a também desajeitada Stevie (Emily Hampshire) que, apesar da sua pouca simpatia, tenta ajudar os mais novos na adaptação à pacata localidade. Embora todos os intervenientes sejam tendencialmente caricaturais, de facto a fórmula resulta.

A comédia física e de diálogo desenvolve-se com naturalidade e de forma cativante, muito graças ao seu trio de veteranos, de qualidade reconhecida: Eugene Levy, Catherine O’Hara e Chris Elliott. Não obstante, Dan Levy e Annie Murphy, com personagens mais estereotipadas, são uma agradável surpresa. A sitcom mantém um bom ritmo e os 30 minutos por episódio passam num ápice.

Schitt's Creek Schitts Creek

Uma “tragicomédia” familiar, a trama tem igualmente a capacidade de abordar temas sérios, ainda que numa perspetiva humorística. A riqueza pelo exagero, a falta de humildade e consequente inadaptação, a educação dos poderosos e a marginalização da diferença são alguns dos tópicos em destaque. E, mesmo que maioritariamente nos façam rir, a substância da mensagem está lá… e a crítica social também.

Mais vale tarde do que nunca. Este ditado popular faz todo o sentido quando aplicado a «Schitt’s Creek», que chega a Portugal cinco anos depois da sua estreia mundial. Outrora um underdog televisivo, a série é lançada agora com outro currículo e aparato. O primeiro episódio é emitido amanhã, 19, às 22h10 no TVCine Emotion.

 

Texto originalmente publicado aqui

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

two + 8 =