Superman & Lois: o poder… de ser um bom pai

Há mais uma adição ao superpopular Arrowverse, que tantas alegrias tem dado à CW. «Superman & Lois» chega a Portugal já amanhã, 24, pela mão dos canais TVCine.

Superman & Lois

Depois de uma passagem por «Supergirl», Tyler Hoechlin e Elizabeth Tulloch ganham uma série em nome próprio, onde ilustram a vida familiar do Super-Homem. «Superman & Lois», que estreia amanhã às 22h10 no TVCine Action, retrata as turbulências do quotidiano da família Kent, enquanto o pai super-herói salva o mundo e a adolescência dos seus filhos gémeos, Jordan (Alex Garfin) e Jonathan (Jordan Elsass). E, para piorar, será que algum deles (ou até os dois) herdou os superpoderes do pai?

A vida do casal já tinha sido um sucesso nos anos 90, com «Lois & Clark: As Novas Aventuras do Super-Homem», protagonizada por Dean Cain e Teri Hatcher.

A série começa por posicionar a trama de forma contextual e emocional. As memórias de Clark Kent (Tyler Hoechlin) em Smallville, o sofrimento com a morte de pai, o dia em que conheceu Lois (Elizabeth Tulloch), o romance e pedido de casamento e a gravidez, entre outros momentos marcantes. Rumo ao presente, onde o casal Kent continua a trabalhar no Daily Planet, ao mesmo tempo que Clark, enquanto Super-Homem, salva Metropolis e o mundo de todas as ameaças.

Superman & Lois

Sem que os filhos saibam que é, na verdade, um super-herói, Clark atravessa uma crise existencial. Não dedica o tempo necessário aos gémeos, está cada vez mais desligado da vida deles e parece não ser capaz de comunicar com Jordan, que atravessa um período complicado devido à sua ansiedade. À medida que tomamos conhecimento destes contornos individuais e familiares, a ação torna-se mais real para nós e, assim que para e somos situados no presente, tudo acontece de forma natural para o espectador.

Tal como acontecia noutras apostas, como «The Flash» ou «Arrow», o criador Greg Berlanti – que aqui se alia a Todd Helbing – continua a apostar na humanização das personagens. É na evidência das fraquezas dos intervenientes da ação que constrói que é fortalecida a empatia entre protagonistas e público. Já o argumento, apesar de simples na sua concretização, esconde alguma complexidade narrativa, nomeadamente no que diz respeito ao “trabalho de casa” feito para criar personagens mais fortes e interessantes. Também os diálogos têm contornos idênticos, dando destaque sempre ao lado humano e mais cru das personagens.

Superman & Lois

De regresso a Smallville, Clark Kent é forçado a reencontrar alguns fantasmas do passado, sendo ainda confrontado com a rebeldia de Jordan e Jonathan. Mas, por mais que se queira focar numa vida mais caseira, há uma figura misteriosa pronta a desafiá-lo (Wolé Parks).

«Superman & Lois» conta ainda com as participações de Emmanuelle Chriqui, Inde Navarrette, Adam Rayner, Erik Valdez e Dylan Walsh.

 

Banda-sonora temática

 

Texto originalmente publicado aqui

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *